BVRio apoia cooperativas de catadores de materiais recicláveis a implementar investimento de R$ 7,9 milhões

A BVRio colaborou com a proposta de dois dos três projetos sociais contemplados numa seleção pública piloto da Petrobras para a coleta e destinação adequada de resíduos sólidos recicláveis na região metropolitana do Rio de Janeiro. As cooperativas Transformando e Coopama assinaram um memorando de entendimento (MOU) com a BVRio para receber o apoio dos nossos especialistas em economia circular na elaboração de suas propostas e na implementação do investimento de R$ 7,9 milhões, a ser desembolsado ao longo dos próximos três anos. As cooperativas utilizarão o aplicativo KOLEKT da Circular Action para monitoramento on-line do fluxo de resíduos, contribuindo para a rastreabilidade, transparência e confiabilidade do processo de descarte.

Por meio dessa parceria, a Petrobras irá destinar resíduos sólidos recicláveis e reutilizáveis gerados por quatro de seus imóveis na região metropolitana do Rio de Janeiro para as três cooperativas contempladas pelo edital e que receberão cerca de 600 toneladas ao ano de materiais possíveis de reaproveitamento. Além dos materiais, as cooperativas receberão recursos para serem investidos na capacitação e melhoria da escolaridade dos catadores, na manutenção de veículos, galpões e equipamentos e em ações de educação ambiental.

A Cooperativa de Recicladores Ambientais (Transformando) foi contemplada com o projeto “Transformando Realidades Socioambientais”, que receberá aporte de R$ 4 milhões. Com o apoio financeiro da Petrobras, a Transformando pretende modernizar sua infraestrutura e linha de processamento, aumentando sua produtividade na reciclagem de resíduos. Criada em 2007, a cooperativa conta atualmente com 45 cooperados, que serão responsáveis pelo beneficiamento dos resíduos dos imóveis da Petrobras localizados no Rio de Janeiro e em Belford Roxo.

Os mesmos quatro imóveis da Petrobras também serão atendidos pelo projeto Cooperar para Reciclar, da Cooperativa Popular Amigos do Meio Ambiente – COOPAMA, que irá receber um aporte de R$ 3,9 milhões. A Coopama implementará, além das ações de destinação adequada dos resíduos coletados, novos programas de capacitação com foco em marcenaria, gestão do fluxo de resíduos e gestão financeira, beneficiando mais de 150 cooperados.

Pedro Succar, especilista em economia circular da BVRio e que presta a consultoria para a Coopama e Transformando, destaca que esse apoio da Petrobras irá contribuir para o incremento da renda dos catadores participantes. “Com o aporte desses recursos, vamos investir em melhorias nas condições de trabalho e de vida dos cooperados, comprando equipamentos mais eficientes e oferecendo cursos básicos, como noções de gestão financeira, além de cursos de marcenaria abertos para a comunidade”, disse Pedro.

Com informações da Petrobras.