BVRio contribui para iniciativa global de transparência no mercado commodities

Nesta quarta-feira (09), a BVRio participou do evento Global Supply-chain Transparency – harnessing the power of data for a deforestation-free economy’, organizado pelo EU REDD Facility, European Forest Institute, Stockholm Environmental Institute e pelo Global Canopy Project na COP22. A iniciativa apresentou a plataforma Trase (Transformative Transparency Platform), cujo objetivo é demostrar como o uso da análise de dados (big data) pode ajudar a promover a transparência na cadeia do mercado de commodities como soja e café.

pedrocop22

Pedro Moura Costa participa da COP22. Foto: Roberta Del Giudice

A contribuição da BVRio para essa iniciativa será com o sistema de due diligence e análise de risco. A plataforma foi criada para avaliar o risco de ilegalidade da origem dos produtos madeireiros do Brasil ao longo de sua cadeia de custódia, da extração até chegar ao comprador. Com isso, todos os dados coletados serão disponibilizados dentro do Trase platform, aumentando a abrangência da iniciativa.

A Trase Plataform foi desenvolvida Stockholm Environmental Institute, Global Canopy Project e pelo European Forestry Institute, voltada inicialmente para commodities agrícolas. O projeto avalia o “risco florestal” no plantio da soja no Brasil e no café produzido na Colômbia, examinando a possibilidade de desmatamento para o cultivo desses produtos, por exemplo.